Pages

Biografia da Anne Geddes - por ela mesma (tradução não literal do site oficial) [parte 2]

Dez anos haviam se passados entre o primeiro ensaio fotográfico com bebês de amigos em Hong Kong e a publicação do primeiro calendário, lançado na N.Z em 92.  Esta era uma oportunidade de atingir um público mais amplo com suas imagens que andavam de mãos dadas com seu desejo de ajudar crianças, as mais vulneráveis na nossa sociedade.
Anne e Kel foram incapazes de atrair uma editora e distribuidora, então eles venderam os calendários de porta em porta, no porta malas do carro, em lojas de câmeras, coletando mais de 20 mil dólares para ajudar a prevenir o abuso infantil e negligência.
Suas doações formaram a base para o que mais tarde se tornou o Geddes sem fins lucrativos, “Philanthropic Trust” (por favor me digam o que é isso). Anne e Kel ficaram confiantes para publicar seu segundo calendário, disponível em 93. Eles haviam vendido suas casas e investiram toda suas economias para auto publicar 20 mil cópias na Australia e Nova Zelandia. Os calendários foram esgotados em três semanas. Usando os lucros, eles imprimiram outras 20 mil cópias, as quais também foram todas vendidas.  Logo depois, eles receberam um convite de um editor interessado. Os calendários de Anne Geddes continuam fazendo bastante sucesso, e o lado caridoso de Anne e Kel se estende a doações para todos os produtos vendidos em nome da Anne Geddes.
Durante esse tempo, Anne e Kel estavam lendo para sus filhos histórias cheias de fantasias, e Anne começou a visionar  um conto de fadas através das suas fotografia – levando a criação de seu primeiro livro de presente em grande formato, Daw in the Garden. O livro foi publicado em 96 e levou Anne a sua primeira aparição no programa da Oprah. Oprah conversou com Anne e essa conversa cheia de entusiasmo levou o trabalho de Gueddes para os EUA.

O sucesso de Dow in the Garden mudou a cara dos ensaio de família e crianças globalmente e levou a carreira de Anne para o mundo como a autora mais vendida (do gênero). O trabalho dela já foi publicado em 83 países abrangendo a América do Norte, Europa, Reino Unido, Austrália, Nova Zelandia, África do Sul, Ásia (Brasil, meu complemento). Os livros de Anne venderam mais de 19 milhões de cópias no mundo todo e já foi traduzido em 25 línguas.

Digachis Recém-nascidos