Pages

1 ano de Digachis!


Bom gente, vou começar essa postagem falando da pessoinha que mudou nossas vidas: a Júlia.

Na verdade essa postagem está um pouco atrasada, comemoramos um ano fotografando recém-nascidos  em 28 de maio.
Encontrei a mãe dela, a Jucélia, em um ônibus e vi aquele barrigão, aí não tive outra opção a não ser convidá-la para um ensaio. É claro que já tínhamos programado para fotografar o Matheus quando ele nascesse, e fotografamos,  também já tínhamos pesquisado muito sobre fotografias de recém-nascidos e tínhamos lido muito, muito mesmo, sobre segurança. Existia a vontade de nos tornarmos fotógrafos de recém-nascidos, mas não tínhamos nenhuma experiência em fotografar em estúdio, muito menos em pegar  em bebês recém-nascidos. Medos bobos e importantes dominavam nossos pensamentos, afinal de contas, criança não é brinquedo. Acredito que tínhamos aquele medo de pegar na neném, esse mesmo que a maioria dos fotógrafos iniciantes tem!
Quando a Júlia nasceu, sua mãe entrou em contato conosco e 8 dias depois fizemos o ensaio dela.
Tínhamos um flash sb600, um tripé de 50 reais, um cesto e muita vontade fazer essas fotos! Usamos um secador de cabelo para deixar o ambiente quente, pois naquele dia estava bem fresquinho... Usamos um rádio da família para fazer o trabalho do pink noise, usamos a cama deles para colocar a neném e também usamos um tapete verde que para a nossa sorte estava lá.
Como já disse, tínhamos um flash, mas não tínhamos nada para rebater e principalmente, estávamos muito "crus" em iluminação. Fomos testando até encontrar uma posição legal para o flash, abrimos a janela, colocamos um lençol branco e desfrutamos de um lindo softbox natural.
O medo de pegar a neném foi diminuindo com o passar do tempo, a Júlia se enquadra naqueles bebês que não dormem muito durante o ensaio (rsrs), isso dificulta um pouco né?
Mas ela dormiu, fizemos algumas fotos dela na cama, mas a principal, a que fez a gente sair de lá rindo a toa, foi a do cestinho!

Bom, acho que já estamos falando muito rsrs. O que eu quis dizer com esse post é que não importa quão cru você é para qualquer tipo de trabalho, o importante é você fazer tudo com muito amor, muita dedicação e focar no que você quer! Gostaríamos de compartilhar as primeiras fotos que fizemos de recém-nascido: as fotos da Júlia. Gostaríamos que vocês percebessem o quanto evoluímos em apenas um ano.
Não tenham medo de ser melhores! Não tenham medo de evoluir! E o mais importante, nunca ache que o seu trabalho está bom o bastante, pois sempre tem como melhorar. 
Estude, estude muito e faça tudo com muita segurança.
Pratique, pratique e pratique muito!
Agora confiram as fotos da menininha de 8 dias que mudou as nossas vidas. 








Ficamos tão orgulhosos dessas fotos nos cestinhos, foi tão difícil posicioná-la aí, bem mais difícil do que parece e do que achávamos que seria, mas conseguimos. Saímos desse ensaio com a certeza de que era isso que iríamos fazer pelo resto de nossas vidas.



Convido vocês a visitarem nosso site: Digachis. Melhoraram um pouco né??

Muito bom trabalho a todos e não se esqueçam de fazê-lo com muito amor.



Digachis Recém-nascidos